Futebol/Latinoamericano

Tricolor e Galo vão definir o único brasileiro na briga pela Libertadores

Terminada a primeira fase de mata-mata da Libertadores, apenas duas das cinco equipes brasileiras sobreviveram: São Paulo e Atlético Mineiro. E só uma vai continuar na luta pelo título, já que o confronto nacional está marcado para as quartas-de-final. O Palmeiras ficou fora já na primeira fase. Grêmio e Corinthians foram eliminados nas oitavas. O Grêmio, com duas derrotas para o Rosario Central, e o Corinthians com dois empates contra o Nacional-URU, graças aos gols sofridos em casa.

A vaga do Tricolor foi garantida na partida de ida contra o Toluca-MEX, com goleada de 4 a 0 no Morumbi, em uma das melhores apresentações da equipe nos últimos anos. Jogando com o regulamento embaixo do braço na volta, o técnico Edgardo Bauza sacou Ganso e viu o time perder por 3 a 1. O revés não chegou ameaçar a classificação, mas expôs, mais uma vez, as falhas do goleiro Denis. O Galo segurou um 0 a 0 contra o Racing fora de casa e na volta venceu por 2 a 1, com o atacante Lucas Pratto fazendo a diferença, mesmo perdendo um pênalti.

O duelo entre as equipes promete ser equilibrado. O São Paulo está numa crescente, depois do começo decepcionante e o risco de cair ainda na fase de grupos. Fazer o primeiro jogo no Morumbi pode ser o fiel da balança. Se o time paulista mantiver o nível das atuações apresentado em casa, contra River, Trujillanos e Toluca, pode abrir boa vantagem. O Atlético tem a mesma força no Independência, mas se tiver de buscar um placar elástico, será missão dura. A esperança do torcedor mineiro é o retrospecto recente. Em 2013, depois de se enfrentarem na fase de grupos, os dois times se cruzaram já nas oitavas-de-final e com belas atuações de Ronaldinho Gaúcho e companhia, o Galo fez 2 a 1 no Morumbi e 4 a 1 no Independência, e daí arrancou para o título.

Três anos mais tarde, a luta por uma vaga na semifinal acirra o duelo Minas-SP. E coloca frente a frente dois atacantes argentinos. Calleri é o artilheiro da atual edição da Libertadores, com 8 gols, contra 4 de Pratto. E aí quem leva?

prattoxcalleri

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s