Brasileiro/Copa do Mundo/Entrevistas/Europeu/Futebol/Latinoamericano/Livros/Seleções

Erich Beting lança “O livro das Bolas de Futebol”

Telstar, Tango, Azteca, Etrusco, Tricolore. Cada um desses nomes batizou uma bola oficial de Copa do Mundo. Foi assim desde o primeiro mundial, em 1930. De lá pra cá, não só os nomes das bolas mudaram. As padronizações, as medidas oficiais, os materiais usados e toda a tecnologia disponível foi usada na melhoria das “gorduchinhas”, como o eterno Osmar de Oliveira chamava todas as bolas, independente da nacionalidade do fabrincante, do campeonato que estava em jogo ou das cores que davam destaque ao grande objeto de desejo de qualquer jogador de futebol, profissional ou não. Toda essa história evolutiva, que começou há milhares de anos, com as disputas entre guerreiros chineses, ou nos jogos mortais entre tribos das civilizações Maias, até o bilionário mercado que as fabricantes de bolas movimentam nos dias de hoje, está relatada na obra do jornalista Erich Beting “O livro das Bolas de Futebol”, que será lançado no dia 01 de junho pela Panda Books, na Livraria Saraiva do Shopping Ibirapuera, em São Paulo.

O projeto foi idealizado em 2013 por Erich Beting e os também jornalistas Marcelo Duarte e Paulo Unzelte. “O  Paulo já havia iniciado uma pesquisa e a ideia foi criar um grande banco de dados das bolas, com muitas imagens e um elemento gráfico bem interessante. É um projeto inédito e ao mesmo tempo divertido. Passamos a lembrar alguns momentos como torcedores e consumidores  do esporte a partir disso”, explica Beting, em entrevista exclusiva ao Fut’n’Roll.

 

livro das bolas

Foto: Divulgação

 

Durante dois anos de pesquisas, Erich Beting recorreu a colecionadores para ter acesso a informações e seleção das imagens. E graças a esses colaboradores, foi possível, inclusive desmistificar uma história que havia se perpetuado ao longo do tempo. “Tinham histórias desencontradas… uma delas de que a bola da Copa de 1974 era laranja. Recorri a uma pessoa que tem gravados todos os jogos de Copa e conferimos as partidas de 74 e descobrimos que, realmente, não teve bola laranja”, revela Beting.

O livro relata ainda que, na história das bolas, o ovo veio antes da galinha (futebol). “Há registros históricos de uma manifestação rudimentar de uma bola. Na China, nas dinastias de mais de dois mil anos antes de Cristo, os guerreiros usavam as cabeças dos inimigos derrotados como bola para ser chutada. Claro que a manifestação como esporte e suas regras veio depois”, diz.

beting

O jornalista ilustra muito bem os avanços tecnológicos das bolas, desde a adoção de uma bola branca com gomos pretos, para dar contraste nas transmissões televisivas e para facilitar que os jogadores enxergassem durante os jogos noturnos, até o desenvolvimento de novos materiais para deixar as bolas impermeáveis e mais seguras aos atletas. “Antigamente, por exemplo, os jogadores usavam touca para proteger a cabeça porque as bolas eram feitas com cadarços grossos”, lembra Erich Beting.

As Bolas de todas as Copas do Mundo

Fundador da Máquina do Esporte, a maior mídia especializada em negócios no esporte e marketing esportivo do Brasil, Erich Beting não podia deixa de incluir no livro o segmento das bolas de futebol como negócio, que movimenta bilhões de dólares por ano em todo o mundo. “Nike e Adidas estão muito consolidadas no mercado e polarizam a disputa e devem continuar dominando os principais mercados. Enquanto a Adidas  dificilmente vai perder o contrato com a FIFA para fornecer os materiais de Copas do Mundo, a Nike se fortalece mais na América do Sul, com a Seleção Brasileira e o patrocínio às competições da Conmebol. É um quadro bem definido”.

Ouça a íntegra da entrevista abaixo, no nosso podcast.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s