Brasileiro/Futebol/Latinoamericano

Inter e Cruzeiro avançam e Corinthians dá vexame na Libertadores

O 13 de maio, dia da abolição, foi significativo para o Internacional e o Cruzeiro, que continuam na luta pela libertação na América do Sul e são os únicos representantes do Brasil nas quartas de final da Libertadores. Corinthians, São Paulo e Atlético Mineiro ficaram nas oitavas e agora terão como foco na temporada apenas o Brasileirão e a Copa do Brasil.

O Colorado foi quem conseguiu a vaga de maneira mais consistente e pinta como um dos favoritos para chegar à decisão. Depois de um início de temporada cheio de incertezas, o técnico Diego Aguirre conseguiu implantar sua filosofia, dar um padrão de jogo ao time e já conquistou o Gauchão deste ano sobre o rival Grêmio. Na Libertadores, o time deslanchou depois de perder na estreia para o The Strongest, a única derrota até o momento na competição. Para o duelo desta quarta, o Inter contou com a força do Beira-Rio lotado e com os talentos de Valdívia (o que joga de verdade) e D´Alessandro. Primeiro, a revelação do ano passado recebeu grande lançamento e encobriu Victor. O meia argentino mostrou que é craque ao sair do meio de três marcadores e mandar um chute certeiro no ângulo. O 2 a 0 dava tranquilidade ao Colorado e obrigava o Galo marcar três gols para se classificar, já que o primeiro duelo entre as equipes terminou em 2 a 2. No segundo tempo,  Lucas Pratto descontou e reacendeu as esperanças mineiras. Mas a defesa do Atlético não quis colaborar. Depois de um recuo mal feito de cabeça por Dátolo, o atacante Lisandro López marcou e definiu a grande vitória do Inter, que agora vai enfrentar o Santa Fé-COL.

No Mineirão, o Cruzeiro devolveu o massacre que sofreu do São Paulo no primeiro jogo. O placar de 1 a 0 não reflete em nada o que foram os dois jogos. Assim como ocorreu no Morumbi, o time da casa fez uma blitz no adversário, criou inúmeras oportunidades de marcar, quase não sofreu riscos na defesa e saiu de campo com uma vitória magra. No enredo mineiro, o autor do gol foi Leandro Damião, garantindo a disputa por pênaltis. O camisa 9 foi do céu ao inferno ao erra a primeira cobrança e deixar o São Paulo em vantagem. Mas Souza chutou a bola na Lua e De Arrascaeta deixou o placar igual novamente. Foi aí que começoua brilhar a estrela do goleiro Fábio, que defendeu as cobranças de  Luís Fabiano e Lucão, ofuscando Rogério Ceni, que marcou e pegou duas cobranças. O Cruzeiro agora espera o vencedor do Superclásico da Argentina.

Na Arena Corinthians, o Timão tinha a missão mais complicada da noite. Depois de perder bisonhamente para o Guaraní-PAR por 2 a 0, o alvinegro precisava repetir o placar para levar a disputa para os pênaltis, ou vencer por três gols de diferença para seguir direto na Libertadores. A torcida fez a parte dela, lotou o estádio, cantou, vibrou e empurrou a equipe, que sentiu a pressão pela obrigação de fazer um placar elástico. O time, que vem caindo de produção gradativamente nos últimos jogos, teve lampejos do futebol envolvente que apresentou no começo do ano. A marcação alta começou logo de cara, mas o cartão de Guerrero, com 55 segundos de jogo inibiu o atacante, que já havia sido expulso na competição. O Corinthians criou algumas chances em cruzamentos, mas teve apenas uma oportunidade real de abrir o marcado na primeira etapa, justamente com o peruano, que não teve tranquilidade e bateu encima do goleiro. No intervalo, Tite substituiu Malcom e Felipe por Mendoza e Danilo, mas o time repetiu erros anteriores e teve dois jogadores expulsos: Fábio Santos, aos sete minutos, e Jadson, aos 25. A partir daí, a inoperância ofensiva era absurda. O desespero tomou conta do time que tentava qualquer coisa para fazer um gol, sem competência. A defesa exposta foi castigada nos minutos finais e sofreu o gol de decretou a eliminação, menos vexatória que a derrota para o Tolima, mas tão surpreendente quanto. E o Corinthians precisa resolver muita coisa nos bastidores, como os salários atrasados, para tentar se reerguer esse ano ainda.

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Inter e Cruzeiro avançam e Corinthians dá vexame na Libertadores

  1. Pingback: Tite, o Campeão dos Campeões | Fut 'n' Roll

  2. Pingback: O incrível Guaraní | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s