Basquete/NBA

Westbrook rouba a cena e comanda vitória do Oeste no NBA All Star Game

Se você passou o Carnaval na folia e não pôde acompanhar o fim de semana das estrelas da NBA, fique tranquilo.

O Fut’n’Roll preparou um resumo dos principais eventos do NBA All-Star Weekend. Começando pelo torneio de enterradas, que teve como vencedor um jovem de 19 anos.

LaVine detonou nas enterradas. Foto: Getty Images

 

Zach LaVine, do Minnesota Timberwolves, surpreendeu a todos e ficou com o título. Desde sua apresentação, o armador mostrou que não seria um mero coadjuvante na competição. Entrou em quadra ao som da trilha sonora do filme “Space Jam”, de 1996, estrelado por Michael Jordan e a turma do Pernalonga. Com a camisa 23 de Jordan, LaVine tirou a nota máxima na primeira rodada. Repetiu a nota na segunda enterrada e foi para a final contra Victor Oladipo, do Orlando Magic. Na decisão, foi perfeito e ousado, desafiando a gravidade. Enquanto Oladipo não conseguiu acertar uma enterrada sequer na final, LaVine levantou o público no Barclays Center, no Brooklyn.

Lavine homenageou Michael Jordan em sua primeira enterrada e levou o público ao delírio. Foto: Getty Images

 

Na disputa dos três pontos, uma das mais equilibradas dos últimos anos, Kyrie Irving, dos Cavs, chegou à final contra a dupla do Golden State Klay Thompson e Stephen Curry. Irving abriu a série e marcou 17 pontos (havia feito 23 na fase eliminatória). Curry foi confiante e preciso, como tem sido na temporada da NBA, e meteu 27 pontos. Thompson encerrou a série, mas em nenhum momento ameaçou o título do companheiro de time e ficou com apenas 14 pontos.

Curry anotou 27 pontos e ficou com o título do torneio de três pontos. Foto: Getty Images

No domingo de Carnaval, quem fez a festa foi o armador Russell Westbrook, do OKC Thunder. Num Madison Square Garden lotado, o camisa 0 foi o principal destaque do All-Star Game, marcou 41 pontos (27 no primeiro tempo, um recorde) e foi eleito o MVP. Westbrook ficou a dois pontos de passar o astro Wilt Chamberlain, que anotou 42 pontos no All-Star Game de 1962, mas superou Michael Jorda, que havia marcado 40 pontos em 1988.

Westbrook ficou a um ponto do recorde de Wilt Chamberlain. Foto: Getty Images

 

Com Westbrook on fire,  o Oeste bateu o Leste por 163 a 158 e o All-Star Game de 2015 registrou outras marcas históricas, como a maior soma das pontuações dos times, com 321 pontos. Outra marca foi alcançada pelo ala Pau Gasol. O astro do Chicago Bulls, que enfrentou o irmão Marc, do Minnesota, no primeiro confronto de irmãos entre os titulares do ASG, também saiu de quadra com um double-double, com 10 pontos e 12 rebotes. Chris Paul, do Los Angeles Clippers também teve um duplo duplo, com 12 pontos e 15 assistências. Pelo lado do Leste, ainda podemos destacar a atuação de LeBron James, que marcou 30 pontos e superou Michael Jordan em pontos na história do All-Star Game. King James agora tem 278 e está a três de Kobe Bryant, o maior pontuador de todos.

O MVP, com justiça, foi Westbrook. Foto: Getty Images

Que venha agora a segunda metade da temporada regular e os playoffs da NBA. Porque as estrelas querem continuar brilhando…

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Westbrook rouba a cena e comanda vitória do Oeste no NBA All Star Game

  1. Pingback: Playoffs da NBA prometem em emoção | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s