Brasileiro/Futebol/Hall da Fama

Mais um ídolo do futebol brasileiro se vai

Na manhã desta segunda-feira, 02, infelizmente, perdemos mais um ídolo do futebol brasileiro e mundial. Dalmo Gaspar, aos 82 anos, faleceu por conta de complicações do Mal de Alzheimer, em Jundiaí, interior de São Paulo.

dalmo2g

Dalmo Gaspar, ex-lateral do Santos FC. Foto: Alessandro Rosman

O ex-lateral jogou no Santos Futebol Clube na era Pelé e, como todos daquele time, sempre foi peça primordial. Dalmo vestiu a camisa santista em 369 jogos e conquistou treze títulos, entre os principais, estão: Campeonato Paulista (cinco); Taça Brasil (duas); Libertadores da América (duas); Mundial Interclubes (dois).

Dalmo, inclusive, foi quem garantiu o título mundial de 1963 ao Santos, convertendo o gol de pênalti, na vitória por 1×0 sobre o Milan – com certeza o mais importante dos quatro gols que marcou com o manto alvinegro.

Infelizmente, como a maioria dos craques de antigamente, Dalmo, além de doente, tinha problemas financeiros. Em janeiro deste ano, a Folha de S.Paulo publicou reportagem sobre o leilão que a família dele estava improvisando da medalha conquistada em 1963 para custear o tratamento da doença.

Vá em paz, Dalmo. E obrigado, por tudo.

Em tempo.

O Santos FC publicou uma nota oficial a respeito da morte de Dalmo.

Confira abaixo, na íntegra:

Nota de pesar

É com pesar que a diretoria do Santos FC informa o falecimento de Dalmo Gaspar, lateral-esquerdo bicampeão mundial interclubes, em 1962 e 1963. O presidente Modesto Roma Júnior decretou luto de sete dias. “Lamentamos a morte de um dos grandes jogadores da história do clube. O que ele fez está guardado na memória de todo o santista, de todas as gerações, e dá a ele a imortidade alvinegra.”

Dalmo tinha 82 anos e faleceu em Jundiaí, sua cidade natal. Ele estava internado há pouco mais de um ano vítima do Mal de Alzheimer. O lateral foi o herói do bicampeonato mundial do Peixe, autor do gol contra o Milan, no Maracanã, no terceiro jogo da final, em 1963. Também é bicampeão da Libertadores da América

Em breve, informações sobre o local, os horários do velório e enterro.

Veja o gol de Dalmo, no título de 1963.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s