Brasileiro/Futebol

A novela de Guerrero e os ídolos de verdade

O casamento entre Palo Guerrero e Corinthians está ameaçado. O dinheiro (no caso do Corinthians a falta dele) é o problema. Guerrero tem sido o principal jogador alvinegro desde 2012 – reparem que falei principal jogador, e não ídolo. O peruano chegou como um desconhecido, vindo do futebol alemão, e eternizou seu nome na história do clube após marcar o gol do segundo título mundial do clube, contra o Chelsea. Desde então, o camisa 9 vem mostrando raça, determinação e, principalmente, feito muitos gols com a camisa corinthiana.

Gol de Guerrero contra o Chelsea na final do Mundial de 2012 está eternizado. Foto: Agência Corinthians

 

Com o contrato terminando em julho deste ano, o jogador e seus empresários vêm empurrando com a barriga a negociação de renovação (que começou em janeiro de 2014, quando Paolo ainda tinha vínculo com outros empresários). O salário e o tempo de contrato, três anos, estão acertados. O problema são as chamadas luvas pedidas pelo atacante, que giram em torno de sete milhões de dólares.

Com um péssimo planejamento financeiro nos últimos anos, o presidente Mário Gobbi meteu os pés pelas mãos e abusou de gastar muito com quem pouco produziu no time. Tudo bem que o dirigente, que deixará o cargo no dia 7 de fevereiro, teve de comprometer boa parte do orçamento para pagar impostos atrasados, deixados por Andrés Sanchez, o que não é mais do que a obrigação de qualquer cidadão, empresa e entdidade deste País. Mas a dinheirama que foi jogada no lixo com a contratação de Pato, além de manter o pagamento de salários para jogadores que já não estavam mais no clube, como o próprio Pato, Sheik (que estava no Botafogo e voltou ao time esse ano), Douglas, Júlio César, entre outros, deixou a situação complicada. Todas essas brilhantes decisões deixaram o clube em séria crise financeira. O Corinthians tem apertado o cinto para honrar seus compromissos, e ainda sim tem atrasado alguns direitos de imagem e até premiações por títulos conquistados.

Guerreno foi o artilheiro do Timão em 2014. Foto: Getty Images

 

Guerrero tem dado diversas declarações que sua prioridade é renovar e permanecer no Corinthians, mas que se não tiver êxito, pretende voltar à Europa. Ainda assim, tem se mostrado um profissional acima da média. Nunca deixou que os entraves na negociação atrapalhassem seu rendimento em campo, sendo inclusive o artilheiro do Corinthians em 2014. Tem todo o direito de busca a valorização e reconhecimento por seu trabalho, assim como um bom contrato (que pode ser o último de alto nível na sua carreira, já que tem 31 anos de idade). Cabe ao clube decidir se vale o investimento ou não. Se a renovação for acordada, ótimo. Mas se não for, Guerrero vai seguir sua carreira, certo de que honrou a camisa do Corinthians enquanto pôde.

Sobre idolatria, sou do tempo ainda em que os jogadores realmente faziam carreira nos clubes. Havia uma identificação maior, um respeito, um amor. O jogador tinha como objetivo ficar muitos anos no clube, conquistar títulos. Rivellino, Sócrates,  Wladimir, Basílio, Casa Grande, Neto, Ronaldo (o goleiro), Gamarra… O último ídolo do Corinthians, na minha opinião, foi Marcelinho Carioca. Mas esse tempo passou. Vivemos a era do profissionalismo. Tévez, Ronaldo e Guerrero estarão para sempre na lembrança do torcedor e serão reconhecidos como profissionais que conqusitaram títulos e marcaram muitos gols o manto alvinegro, mas não ídolos de verdade.

Doutor Sócrates, corinthiano, ídolo. Foto: José Pinto/Revista Placar

 

Anúncios

Um pensamento sobre “A novela de Guerrero e os ídolos de verdade

  1. Pingback: Corinthians tira a faca e o queijo da mão de Guerrero | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s