Brasileiro/Futebol

Tite opta por projeto a longo prazo e volta ao Corinthians

16 de dezembro é definitivamente uma data importante para o Corinthians. Depois de marcar a data do primeiro título do Campeonato Brasileiro, em 1990, e o segundo Mundial, em 2012, o 16 de dezembro de 2014 marca o retorno de Tite ao comando do time.

Com sua tradicional camisa preta, Tite chega à terceira passagem pelo Corinthians. Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte.com

 

Apesar da oscilação do time no Brasileiro de 2013, depois da conquista do Paulistão e da Recopa, sempre fui contra à saída do treinador mais vitorioso da história do clube. Mesmo com excelentes trabalhos em outras equipes, principalmente a dupla GreNal, Tite tem uma identificação e um carinho muito grande com o Corinthians e a Fiel Torcida. Foi traído por Mario Gobbi, que idolatra Mano Menezes, ao se manter fiel ao grupo que lhe deu as principais conquistas e não promover a reformulação necessária na equipe. Mano assumiu esse ano e fez a limpeza no grupo e trouxe novos nomes, mas Tite retorna ao posto que não deveria ter deixado para aumentar o seu legado alvinegro.

Apresentado oficialmente nesta terça-feira, 16, Tite, que passou o último ano buscando aperfeiçoamento e conhecimento tático e técnico com os grandes treinadores do mundo, entre eles Carlos Bianchi e Carlo Ancelotti, recusou uma excelente proposta financeira do Internacional (especula-se um salário de R$ 700 mil/mês) por acreditar no projeto de três anos que o Timão lhe ofereceu, mesmo com um vencimento menor.

Tite tem 272 jogos à frente do Timão e ganhou cinco títulos. Sonha em ultrapassar Oswaldo Brandão, que dirigiu o Corinthians em 435 jogos. Foto: Reginaldo Castro/LANCEPress

 

A volta de Tite ao Corinthians tem um risco: ele não pode superar o que fez na última passagem e se não repetir as conquistas anteriores, será muito criticado. Mas o treinador confia no seu taco e não teme os desafios que surgirão, a começar pela primeira fase da Libertadores, que lhe remete ao fracasso diante do Tolima. “Eu vim para o Corinthians não pelo o que eu já fiz, mas pelo o que ainda posso fazer pelo time. Intensidade e pau dentro desde o começo. Essa vai ser a linha do trabalho”, explicou o técnico. “A gente carrega a sombra daquilo que construiu a vida toda. Não sei se vou ter o mesmo êxito, mas vou ter a mesma conduta, até mais maduro, sem cometer os mesmos erros que cometi. Quero ser menos incompleto a cada dia que passa”, concluiu.

Um cara ético, íntegro, que não vai permitir que picuinhas atrapalhem o seu vestiário. Desta maneira anunciou que conta com a volta de Sheik e a permanência de Guerrero, além de novos reforços. Com esse espírito e com todo o respeito pela história do Corinthians, Tite já fazia falta no cenário do futebol brasileiro.

 

Osvaldinho no Palmeiras

Outro time que apresentou novo técnico neste 16 de dezembro foi o Palmeiras. Depois de escapar do terceiro rebaixamento, o Verdão contratou Osvaldo de Oliveira para tentar recuperar as glórias no time do Palestra. Osvaldinho entra para a história como o primeiro treinador a trabalhar nos quatro grandes times de São Paulo e do Rio de Janeiro.

E chega ao Palmeiras mais experiente, tranquilo e consciente das coisas que são necessárias no trabalho, segundo falou em coletiva. Osvaldo elogiou o chileno Valdívia, mas deu o recado para o grupo: “Não quero fazer um time em cima de um jogador só. Isto não existe. Vamos preparar uma equipe, não só 11 titulares, mas para ter revezamentos ocasionais”. Osvaldo ainda disse que vai tratar todos igualmente, independente da nacionalidade, bom discurso de conciliação num elenco rechado de jogadores argentinos.

Assim como Tite, Osvaldo de Oliveira tem em seu currículo a marca da integridade. Ser campeão ou não, em ambos os casos, é indiferente. Podem ter certeza que Corinthians e Palmeiras terão dois grandes comandantes que farão de tudo, dentro da esportividade, para devolver as glórias às duas torcidas em 2015.

oswaldodeoliveira-palmeiras-felipezito-5

Osvaldo de Oliveira completa o ciclo dos 8 grandes clubes do eixo Rio-São Paulo no Palmeiras. Foto: Felipe Zito/Globoesporte.com

 

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Tite opta por projeto a longo prazo e volta ao Corinthians

  1. Pingback: Tite, o Campeão dos Campeões | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s