Brasileiro/Futebol

Por uma vida sem pré-Libertadores

Internacional e Corinthians entraram nesta última rodada do PODOLSKÃO 2014 em uma disputa ferrenha pelo terceiro lugar do campeonato. Nem tanto pela honra, mas muito para escapar da disputa da pré-Libertadores e da possibilidade de entrar no grupo da morte da competição sul-americana, ao lado de San Lorenzo, São Paulo e Danubio.

O Colorado entrou em campo com a vantagem de depender única e exclusivamente de si. O problema é que o Corinthians jogava em casa contra um adversário infinitamente mais fácil, o já rebaixado Criciúma, que foi a Itaquera com um time praticamente júnior. O Inter foi a Florianópolis enfrentar o sempre encardido Figueirense, armado a imagem e semelhança de seu treinador, o ex-zagueiro Argel Fucks.

E, sim, o Corinthians confirmou o seu favoritismo contra o Criciúma. Criou muitas chances, se aproveitando da falta de experiência do adversário. Em vinte minutos, já tinha botado duas bolas na trave, deixando claro que a vitória viria naturalmente.

O triunfo veio, mas não com a facilidade esperada. Elias abriu o placar aos 26 da primeira etapa, mas como foi corriqueiro na temporada, se acomodou com a vantagem e viu o Criciúma crescer no jogo. Só não tomou o empate antes do intervalo porque o bandeirinha, provavelmente cego pelo sol, deu um impedimento muito inexistente em jogada que resultou em gol do Criciúma.

Gol que não teve como ser anulado aos 15 do segundo tempo, quando Cássio saiu mal do gol e Roger Guedes ganhou de Fábio Santos para empatar a partida.

Quando as cornetas já começavam a soar mais fortes na direção de Mano Menezes, Zidanilo iniciou uma triangulação que passou por Guerrero e terminou com a conclusão de Fábio Santos nas redes do Tigre.

Foto: Leandro Martins/Futura Press

Foto: Leandro Martins/Futura Press

A vitória corintiana obrigava o Internacional a vencer o Figueirense fora de casa. E o Colorado, conforme o esperado, não teve vida fácil. Apesar de começar a partida melhor e pressionando o alvinegro catarinense, logo se viu acuado em seus domínios e dando pulos de alegria com o fim do primeiro tempo.

Mas o panorama não melhorou para o Inter no segundo tempo. Logo aos quatro minutos, Yago cruzou, Marcão ajeitou e Pablo marcou o primeiro com a preciosa colaboração dos zagueiros colorados, que apenas assistiram o lance.

O gol desesperou o time de Abel Braga. O treinador trocou Alex e Alan Costa por Taiberson e Gustavo Ferrareis, para aumentar a velocidade de sua equipe. Mas criar mesmo, nada. Até os 41 minutos, quando Rafael Moura acertou uma bela cabeçada no ângulo do bom goleiro Tiago Volpi.

A partir daí, o jogo se tornou um misto de desespero com nervosismo. Alan Ruschel fez falta no meio de campo e foi expulso, atrapalhando os planos de uma pressão total, absoluta e irrestrita do Colorado, deixando as duas equipes com dez homens (França, volante do Figueirense, fora expulso um pouco antes). Nirley e Wellington Paulista também levaram o cartão vermelho após um entrevero entre os dois, seguidos por cenas lamentáveis em campo.

Tudo isso fez com que o glorioso apitador Marielson Alves Silva desse cinco minutos de acréscimo. E, no último deles, Aránguiz jogou a bola na área. Wellington Silva ganhou a disputa com o zagueiro catarinense e bateu na saída de Tiago Volpi. Era o gol da vitória e da vaga direta na fase de grupos da Libertadores, em uma chave muito acessível.

Foto: Eduardo Valente/Gazeta Press

Foto: Eduardo Valente/Gazeta Press

Revoltados com a arbitragem, os jogadores do Figueirense iniciaram uma perseguição a Marielson Alves Silva, que precisou ser protegido por Rafael Moura até chegar aos sempre ágeis policiais catarinenses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s