Futebol

Uma velha rivalidade pela Bola de Ouro

A Fifa e a revista France Football anunciaram nesta segunda-feira (1) os três finalistas para o prêmio Bola de Ouro, um reconhecimento para o melhor jogador do mundo do ano.

Pelo quarto ano seguido, Messi e Cristiano Ronaldo estão na disputa. Desde 2007, os dois estão em todas as disputas de melhor do mundo, com exceção de 2010, quando o português não conseguiu estar entre os três finalistas (Messi ganhou a eleição de Xavi e Iniesta). O prêmio não fica com um dos dois desde 2007, quando Kaká venceu a Bola de Ouro, com Messi em segundo e Ronaldo em terceiro.

Em 2014, o terceiro elemento na disputa é o goleiro do Bayern, Manuel Neuer.

Se o primeiro semestre de Cristiano Ronaldo foi genial, o segundo semestre de Messi merece destaque. Neuer é sempre regular, sendo importante para as conquistas do Bayern e um dos melhores do time da Alemanha campeão do mundo no Brasil.

Mas eu não só acho como daria o prêmio para Cristiano Ronaldo. Sua importância para o Real Madrid campeão europeu.

Foto: AFP

Foto: AFP

Entre as mulheres, a brasileira Marta está entre as finalistas pelo décimo primeiro ano consecutivo. Na final desde 2004, Marta levou o prêmio por cinco vezes, entre 2006 e 2010.

Neste ano, ela disputa com a norte-americana Abby Wambach, vencedora do prêmio em 2012, e com a alemã Nadine Kessler, capitã do Wolfsburg, minha favorita por ter sido uma das artífices do título europeu do clube conquistado em maio.

Foto: Fifa

Foto: Fifa

Entre os treinadores, a disputa deve ser mais apertada. Os três candidatos fizeram trabalhos imensos e muito vencedores na temporada passada: Carlo Ancelotti, campeão europeu pelo Real Madrid; Diego Simeone, campeão espanhol e vice europeu com um improvável Atlético de Madrid; e Joachim Low, campeão da Copa do Mundo com a Alemanha.

Para não ficar em cima do muro, eu votaria em Simeone. A comunhão que ele causou com o time e com a torcida foi algo poucas vezes visto na história do futebol.

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Os finalistas do prêmio Puskas, de gol mais bonito do ano, também foram divulgados. Os belos gols de James Rodriguez e Van Persie na Copa do Mundo vão disputar o troféu com a irlandesa Stephanie Roche, que marcou um belo gol pelo campeonato nacional de seu país.

Tivesse eu poder de voto, James Rodriguez seria o nome escrito na minha cédula. Se bem que nesse é possível votar, no site da Fifa.

Os prêmios serão entregues em janeiro em evento de gala em Zurique, na Suíça.

Anúncios

Um pensamento sobre “Uma velha rivalidade pela Bola de Ouro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s