Brasileiro/Futebol

Virada de campeão

Há duas semanas, já não havia dúvidas de que o Cruzeiro conseguiria o título brasileiro de 2014. Mas alguns questionavam se a conquista viria com a mesma facilidade do ano passado, afinal, a Raposa começou a mostrar cansaço em campo e não vinha apresentando atuações tão boas, como na difícil vitória de virada sobre o Criciúma. O ápice dos questionamentos sobre o time de Marcelo Oliveira veio após a derrota para o Atlético Mineiro na primeira partida da final da Copa do Brasil.

A tabela do Cruzeiro no PODOLSKÃO 2014 reservava dois jogos complicados fora de casa, o que dava esperanças à torcida do São Paulo, seu perseguidor mais próximo. Santos na Vila Belmiro, e, especialmente, o Grêmio em Porto Alegre. Como o Peixe já não quer mais nada no campeonato, a metade azul de Minas Gerais celebrou uma boa vitória no litoral paulista.

Mas o Grêmio, que luta por uma vaga na próxima Libertadores, vinha de boas e consistentes atuações, parecendo que seria capaz de adiar o inevitável título cruzeirense por mais uma rodada.

E, nesta quinta (20), em Porto Alegre, a expectativa parecia que ia se confirmar. Logo aos 12 minutos, o paraguaio Riveros abriu o placar para o tricolor gaúcho, aproveitando uma sobra na entrada da área.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

E podia ter ampliado a vantagem. Barcos, Ramiro e Luan tiveram boas chances, mas pararam na trave, no goleiro Fábio e na zaga cruzeirense. Para piorar, os mineiros ainda tiveram que fazer duas substituições ainda na primeira etapa. Ceará deu lugar a Mayke e Marquinhos saiu para a entrada de Willian.

Mas no segundo tempo, Marcelo Oliveira deu um jeito no seu time. Logo aos cinco minutos, Willian quase empatou com um bom chute cruzado. Quinze minutos depois, Ricardo Goulart empatou após confusão em uma cobrança de escanteio.

Foto: Jefferson Bernardes/LightPress/Cruzeiro

Foto: Jefferson Bernardes/LightPress/Cruzeiro

Precisando da vitória, o Grêmio voltou a pressionar em busca do segundo gol. Barcos obrigou Fábio a fazer grande defesa aos 25 minutos. Mas o tricolor gaúcho abriu o contra-ataque, e, aos 30, Mayke encontrou Everton Ribeiro livre para bater na saída de Marcelo Grohe e decretar a virada.

O gol desestabilizou o Grêmio, que não conseguiu unir forças para reverter o placar.

Com o resultado, o Cruzeiro precisa de uma vitória simples neste domingo (23) sobre o já descompromissado Goiás no Mineirão para oficializar mais um título brasileiro.

Já o Grêmio complicou a sua ida à próxima Libertadores. Com 60 pontos, ocupa a sexta posição e terá a espinhosa missão de enfrentar o Corinthians no Itaquerão na próxima rodada.

Mas podia ser pior. Os gaúchos perderam um concorrente pela vaga na Libertadores, já que o Fluminense não deve se recuperar da goleada sofrida para a Chapecoense em pleno Maracanã por 4 a 1. O resultado embolou a luta contra o rebaixamento. Se Criciúma, Botafogo e Bahia estão praticamente condenados à Série B, Coritiba, Vitória, Chapecoense e Palmeiras estão separados por apenas um ponto e terão que jogar a vida nas próximas três rodadas.

Resultados da 35ª rodada

São Paulo 1 x 1 Internacional
Botafogo 0 x 1 Figueirense
Atlético-PR 1 x 1 Santos
Vitória 1 x 1 Coritiba
Criciúma 0 x 1 Bahia
Goiás 0 x 1 Corinthians
Palmeiras 0 x 2 Sport
Atlético-MG 4 x 0 Flamengo
Grêmio 1 x 2 Cruzeiro
Fluminense 1 x 4 Chapecoense

Classificação do Campeonato Brasileiro 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s