Futebol/Seleções

Vergonha no futebol africano

A Costa do Marfim precisava de apenas um empate no duelo contra Camarões para se garantir na fase final da Copa Africana de Nações, que será disputada em janeiro na Guiné Equatorial. Os camaroneses já estavam garantidos na competição e contavam com a torcida da República Democrática do Congo, que precisavam de uma vitória dos Leões Indomáveis para irem à CAN.

Para evitar a fadiga, os dois times não se esforçaram muito para correr atrás do resultado. Para piorar, nos minutos finais, os marfinenses, satisfeitos com o zero no placar e querendo um fim definitivo para a partida, começaram a tocar a bola entre si no campo de defesa. Acomodados, os camaroneses não fizeram questão alguma de tentar roubar a bola.

No fim, os marfinenses conseguiram a vaga e a torcida local invadiu o campo para comemorar, causando até confusão com a polícia local, em cenas ainda mais lamentáveis do que as protagonizadas pelos jogadores em campo.

Foto: Globoesporte

Foto: Globoesporte

O regulamento permitia esse tipo de situação. Seria um direito dos dois times. Mas é uma grande vergonha esportivamente falando, especialmente pelo nível dos jogadores das duas seleções. Tomara que se encontrem na fase final em jogo eliminatório.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s