Brasileiro/Futebol

Empate e arbitragem ruim para todos

O São Paulo tinha um objetivo claro na noite desta quarta-feira (12). Se aproximar do Cruzeiro e, com uma ajuda do Santos no fim de semana, assumir a liderança do PODOLSKÃO 2014 pela primeira vez mesmo com uma partida a mais.

O time comandado por Muricy Ramalho recebia um Internacional abalado pela goleada sofrida no fim de semana para o maior rival e desfalcado de seus dois principais jogadores, os meias Aranguíz e D’Alessandro.

Com todo esse contexto, Abel Braga armou um time bem fechado, com marcação forte, apostando em saídas rápidas no contra-ataque. O esquema funcionou bem, afinal, o São Paulo não conseguiu criar muita coisa no começo da partida. Para piorar, aos 17 minutos, Alex cobrou falta na cabeça de Bertotto, que desviu na direção de Paulão, que, completamente impedido, abriu o placar para os visitantes.

Foto: Alexandre Lops/SC Internacional

Foto: Alexandre Lops/SC Internacional

O gol enervou o time paulista, que pouco criava. Ganso e Kaká não viviam boa jornada, ao contrário do goleiro colorado Alisson, que decidiu fazer um dos melhores jogos de sua carreira. Ainda no primeiro tempo, defendeu dois chutes a queima-roupa desferidos pelo zagueiro Lucão.

Na segunda etapa, com a cabeça mais fria e o tempo mais escasso, o São Paulo partiu com mais veemência para o ataque. Logo aos quatro minutos, Hudson acertou cruzamento para Luís Fabiano, que bateu no canto, sem chances para Alisson.

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Mais cansado, o Inter já não tinha a mesma marcação forte do primeiro tempo. Os contra-ataques não vinham e o São Paulo encontrava mais espaços. Luís Fabiano exigiu mais uma grande defesa de Alisson em uma cabeçada. Kaká também teve uma boa chance, mas parou no goleiro colorado.

E o jogo terminou com o resultado ruim para as duas equipes. O São Paulo reduziu a diferença para o Cruzeiro para quatro pontos e nem na melhor das hipóteses assumiria uma liderança provisória no fim de semana. Com um jogo a mais do que os mineiros, o título ficou complicado.

Já o Internacional chegou aos 57 pontos e assumiu a terceira posição, ao lado de Grêmio, Atlético Mineiro e Corinthians. Mas também tem um jogo a mais do que os rivais e pode se complicar na busca por uma vaga para a próxima Libertadores.

Além do resultado, os dois times saíram do Morumbi reclamando demais da arbitragem de Heber Roberto Lopes. O São Paulo, além do gol irregular, o juiz também distribuiu cartões por reclamação. Ganso, Kaká e Rogério Ceni, no intervalo, foram os agraciados. O apitador também foi conivente com Taiberson, que deu uma entrada feia em Ganso, que o tirou de campo. E só ficou no amarelo. O São Paulo ainda tem uma estatística interessante. Heber Roberto Lopes foi 16 vezes ao Morumbi. Dessas, o São Paulo só venceu em cinco oportunidades.

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

O Internacional reclama da expulsão de Fabrício, também por reclamação, pouco antes do fim do jogo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s