Brasileiro/Futebol/Jogos Inesquecíveis

Corinthians faz 2 a 0 no Santos e reverte vantagem na semi do Brasileiro 98

O Campeonato Brasileiro de 1998 foi emocionante. A fórmula da disputa era diferente da atual. 24 equipes se enfrentaram em turno único e oito melhores se classificaram para a fase mata-mata, com um sistema de playoffs melhor de três jogos. Naquele ano, o Corinthians conquistou o seu segundo título brasileiro, com um time recheado de estrelas. Ao mesmo tempo que tinha muito talento, as brigas de egos eram constantes entre Rincón, Marcelinho Carioca, Edílson, Ricardinho, Vampeta, Dinei, Gamarra e o técnico Vanderlei Luxemburgo. Mas a equipe soube supear as diferenças fora de campo para levantar a taça. Mas hoje, nos Jogos Inesquecíveis do Fut’n’Roll, vamos lembrar de uma das semifinais daquele campeonato, que colocou à prova uma rivalidade histórica entre Corinthians e Santos.

O Capetinha foi eleito o melhor jogador do Brasileiro-98. Contra o Santos, infernizou a defesa adversária e marcou gols em dois jogos das semifinais. Foto: Getty Images

Com 46 pontos e a melhor campanha da primeira fase, o Timão chegou à semifinal depois de eliminar o Grêmio na fase anterior. Já o Santos, que havia feito 41 pontos e ficado com a quarta colocação no primeiro turno, precisou passar pelo Sport antes de pegar o rival alvinegro. O primeiro jogo, na Vila Belmiro, teve vitória santista por 2 x 1, com gols de Gamarra para o Corinthians, e Róbson Luís e Viola para o Peixe. A segunda partida, no Pacaembu era fundamental para o duelo – nova derrota eliminaria o Timão.

Num Pacaembu com mais de 37 mil pessoas, o Corinthians foi pra cima do adversário. As trocas de passes rápidas e tabelas sempre procuram o camisa 10 Edílson. Numa dessas jogadas, o Capetinha invadiu a área e quando ia fuzilar a bola, foi derrubado por Claudiomiro. Marcelinho Carioca cobrou com maestria, colocado e só tirou do goleiro Zetti, que nada pôde fazer.

Reprodução: Youtube

 

Marcelinho Carioca também estava com a macaca naquele ano. Jogando muito e sendo decisivo na campanha do bicampeonato. Naquele jogo contra o Santos, além de abrir o marcador no Pacaembu, o Pé de Anjo sofreu uma dura falta de Narciso, que foi expulso. A partir daí, o domínio corinthiano ficou ainda maior. Com um homem a mais em campo, o jogo virou um duelo de ataque contra defesa. A cada lance ofensivo, o Corinthians criava oportunidades para ampliar o placar, exigindo grandes defesas de Zetti. A pressão deu resultado aos 15 minutos da segunda etapa, quando Marcelinho Carioca fez o cruzamento perfeito para Edílson marcar de cabeça e decretar o 2 a 0 no placar.

Marcelinho foi fundamental para o Corinthians no Brasileiro de 98. Foto: Getty Images

Com o resultado, o Timão provocou o terceiro jogo e voltou a ter a vantagem do empate e, mais uma vez no Pacaembu, o Corinthians empatou com o Santos por 1 a 1, com gols de Viola para o Santos e Edílson para o Corinthians, e avançou para a final contra o Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA

Semifinal Campeonato Brasileiro 1998 – 2º Jogo

Data: 06/12/1998

Local: Pacaembu – SP

Corinthians: Nei;Índio, Gamarra, Batata, Silvinho; Gilmar Fubá (Ricardinho); Vampeta; Rincón; Marcelinho Carioca; Didi (Dinei) e Edílson. Téc.: Vanderlei Luxemburgo

Santos: Zetti;Claudiomiro; Narciso; Argel Fucks; Athirson; Marcos Bazílio; Róbson Luís (Fernandes); Eduardo Marques (Jorginho); Baiano; Alessandro (Élder) e Viola. Téc.: Émerson Leão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s