Brasileiro/Futebol

Lusa na terceira divisão pinta futuro tenebroso no Canindé

STJD, Fluminense, bastidores, política… nenhum desses explica a queda da Lusa para a Série C do Brasileiro. Claro que se não fosse a confusão envolvendo a escalação de Héverton no ano passado, a Portuguesa não teria disputado a Segundona em 2014. Todos os times grandes que foram rebaixados se prepararam e, com planejamento e estrutura, retornaram à elite com glórias. Inclusive alguns, como o Corinthians e Palmeiras, souberam reforçar a paixão de seus torcedores, colocando os times acima de quaisquer campeonatos que disputem. A Portuguesa, que teve êxito na disputa da Série B em 2011, não soube se organizar para a disputa atual. A falta de planejamento da diretoria, que tem sido mais regra do que exceção, com certeza é a principal culpada pelo pior momento da história do time.

A campanha na Série B de 2014 é lamentável e o rebaixamento era questão de tempo, como já vínhamos discutindo no Fut’n’Roll. A queda foi confirmada nesta terça-feira, 29, quando a Lusa perdeu para o Oeste por 3 a 0, em Itápolis, com cinco rodadas antes do fim do campeonato. Em 33 jogos, a equipe venceu apenas 3 e foi derrotada em 19 partidas. Até um hipinólogo foi contratado para tentar reverter a situação, mas o trabalho de Olimar Tesser não durou um mês sequer. O profissional se demitiu alegando o não pagamento de salário. Não que ele fosse fazer a diferença, mas mostra o amadorismo com que é administrado um dos times mais tradicionais de São Paulo.

Jogadores do Oeste comemoram a vitória sobre que rebaixou a Lusa. Foto: Agência Estado

Para 2015, o Paulistão passa a ter uma importância ainda maior para a Lusa. Não para pensar em título e salvar a temporada. Mas para montar um time forte, enfrentar equipes grandes, dar tempo de um treinador iniciar o trabalho e montar uma base sólida visando à disputa da Terceirona. Subir para a Série B no ano que vem é questão de honra. Caso contrário, o futuro da Lusa será o caminho do ostracismo, beirando o esquecimento. Torcemos para que o time não encerre suas atividades, mas tudo vai depender de mudanças radicais. A principal e mais urgente reforma no clube está fora das quatro linhas.

 

lusapb

 

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Lusa na terceira divisão pinta futuro tenebroso no Canindé

  1. Pingback: O fim da Lusa | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s