Europeu/Futebol

O contra-ataque mais rápido do planeta

Real Madrid e Barcelona duelaram pela primeira vez neste sábado (25) com suas renovadas equipes. O maior destaque estava no lado catalão, a estreia de Luís Suárez com a camisa do Barcelona. E logo no primeiro ataque catalão, o uruguaio mostrou a que veio. Aberto pela direita, inverteu a bola de maneira sensacional para Neymar. O brasileiro dominou na ponta esquerda, gingou para dentro da área e fuzilou Casillas, abrindo o placar no Santiago Bernabéu.

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Se iguais já seria natural que o Real Madrid pressionasse o Barcelona no começo do jogo, com desvantagem no placar então, era praticamente inevitável. Com Cristiano Ronaldo bem vigiado por Mascherano, Benzema e James Rodriguez foram os responsáveis pela articulação das jogadas. Mas na prática, apenas uma vez o goleiro Cláudio Bravo foi ameaçado, em chute do centroavante francês.

Mais calmo com a vantagem, o Barcelona controlou melhor o jogo. E criou as melhores chances, duas vezes com Messi, uma delas defendida de maneira sensacional por Casillas. Quando o Barcelona parecia ter tudo controlado, Marcelo fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Piqué foi cortar com um carrinho e desviou a bola com a mão. Pênalti convertido por Cristiano Ronaldo, primeiro gol sofrido por Bravo nesta edição de La Liga. Décimo primeiro jogo seguido em que o português marca pelo Real.

Foto: UEFA

Foto: UEFA

Na segunda etapa, o jogo seguiu intenso. Com muita velocidade, os dois times buscavam o ataque o tempo inteiro. Em um desses ataques, aos 15 minutos, Cristiano Ronaldo foi bloqueado por Piqué, que jogou a bola para escanteio. Toni Kroos bateu com perfeição na cabeça de Pepe, que virou o jogo para o time da casa. O Barcelona contratou alguns novos defensores, mas a bola aérea segue sendo um problema. Apenas o goleiro Cláudio Bravo pulou no lance.

Foto: Reuters

Foto: Reuters

Já que a desvantagem passou a ser do Barcelona, os catalães voltaram a buscar mais o ataque. Mathieu, com um belíssimo chute de fora de área, obrigou Casillas a fazer grande defesa. O Real Madrid passou a tocar mais bola para esfriar o jogo. E, aos 25 minutos, em um contra-ataque rápido iniciado por Isco após uma confusão entre Iniesta e Mascherano, James Rodriguez deixou Benzema na cara de Bravo para marcar o terceiro.

Foto: Efe

Foto: Efe

O gol abateu o Barcelona. Passou a tentar mais ainda o ataque, sem muita eficácia. E ainda abriu espaços para o contra-ataque mais rápido do planeta, sempre nas costas de Daniel Alves. O lateral brasileiro, aliás, esteve mal na defesa e no ataque, já que o Barcelona foi praticamente nulo nas jogadas pelos lados do campo. Do outro lado, Mathieu também sentia os efeitos de ter que acompanhar o mais veloz ataque o mundo. E o Real Madrid, no contraataque, sempre ameaçou mais.

Apesar de dois times bem mudados, o Real Madrid parece mais pronto. Toni Kroos chegou há três meses e parece que joga há anos no meio de campo blanco. E está muito bem acompanhado no setor por Isco e Modric, que mordem e armam com extrema eficiência para dar liberdade ao ataque matador formado por Cristiano Ronaldo, Benzema e James Rodriguez. Ainda tem Gareth Bale para entrar neste time e dar ainda mais velocidade. Ao Barcelona, resta saber que sua renovação ainda não está completa. As laterais estão muito deficientes e o time segue sofrendo com as bolas aéreas. Luís Suárez, apesar da bela assistência no primeiro lance, desapareceu no jogo e fez uma estreia apenas discreta. Messi e Neymar também estiveram sumidos no jogo.

No banco também o Real parece melhor servido. Luís Enrique ainda parece meio cru demais para mudar jogos contra treinadores mais experientes, caso de Carlo Ancelotti, que fez o seu time acelerar quando devia e administrar o jogo quando queria. O 3 a 1 no placar mostrou bem a diferença entre os dois times neste jogo.

Com o resultado, o Real Madrid quebrou um tabu. O Barcelona não perdia um clássico quando abre o placar desde 1988. Os merengues também reduziram a vantagem do rival no Campeonato Espanhol. O Barcelona lidera com 22 pontos, apenas um a mais do que o Real Madrid.

Classificação do Campeonato Espanhol 2014/2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s