Brasileiro/Futebol

Corinthians aproveita tropeços de rivais e sobe para terceiro no Brasileirão

O Corinthians entrou em campo nesta quarta-feira, 22, pressionado. Depois da vexatória eliminação na Copa do Brasil, a luta por uma vaga na Libertadores de 2015 se resume ao Brasileirão. A equipe precisava de um triunfo para voltar ao G-4 e aproveitar o tropeço do Atlétitico Mineiro no dia anterior, quando o Galo empatou com o Bahia por 1 a 1. Com muitos desfalques – Cássio, Fágner e Guerrero suspensos, e  Ralf machucado – Mano Menezes repetiu a formação que havia vencido o Inter no fim de semana e conseguiu um excelente resultado na Arena Pantanal – mesmo sendo mandante, teve de jogar em Cuiabá, graças à mais uma punição que o clube sofreu por brigas dos imbecis organizados – vitória por 2 a 1, com dois belos gols, de Fábio Santos e Luciano. O Corinthians acabou sendo o maior beneficiado da rodada, já que nenhum dos adversários que estavam à sua frente na tabela venceu, e subiu do sexto para o terceiro lugar. Agora o time concentra suas forças para o Dérbi contra o Palmeiras, no sábado, no Pacaembu. Ainda sem Guerrero, suspenso pelo STJD por 3 jogos, o Timão vai tentar algo inédito neste Brasileiro: vencer três partidas seguidas.

Luciano saiu do banco para garantir mais uma vitória corinthiana. Foto: Agência Estado

Por falar em Palmeiras, o Verdão foi a Belo Horizonte e quase sai do Mineirão com uma vitória sobre o líder Cruzeiro. O time teve como grande destaque o goleiro Fernando Prass, que fez grandes defesas e segurou o ataque mineiro até os 48 minutos do segundo tempo, quando rebateu uma bola que sobrou para Dagoberto marcar e empatar o jogo. O argentino Mouche havia aberto o placar em um contra-ataque. Com isso, o Verdão chega ao 35 pontos, em 14º lugar, contra 60 do Cruzeiro.

Fernando Prass foi o destaque do Palmeiras, mas saiu de campo lamentando o empate com o Cruzeiro. Foto: Agência Estado

No Maracanã, o Flamengo teve mais uma noite inspirada do jovem atacante Gabriel, que marcou duas vezes e garantiu a vitória sobre o Internacional por 2 a 0. Com o resultado, o rubro-negro soma 40 pontos, em  11º lugar. O Colorado saiu do G-4 e agora é o quinto colocado, com 50 pontos. Outro rival direto do Corinthians que tropeçou foi o São Paulo que não saiu do 0 x 0 contra a Chapecoense. O tricolor segue na vice-liderança, com 53 pontos.

Jovem Gabriel vem mostrando estrela com a camisa do Flamengo. Foto: LancePress

Campeonato Brasileiro 30ª Rodada

Bahia 1 x 1 Atlético-MG

Flamengo 2 x 0 Internacional

Corinthians 2 x 1 Vitória

Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras

Criciúma 0 x 1 Atlético-PR

Coritiba 2 x 0 Botafogo

Grêmio 1 x 0 Figueirense

Santos 0 x 1 Fluminense

Chapecoense 0 x 0 São Paulo

Sport 0 x 1 Goiás

 

 

2 pensamentos sobre “Corinthians aproveita tropeços de rivais e sobe para terceiro no Brasileirão

  1. Caro “Barba”

    Bati uma bolinha, na juventude. Não era um “craque” como Milton Neves vive dizendo de si mesmo, mas me lembro de algumas coisas. Para lhe dar apenas dois exemplos, raramente jogadores batiam cabeça durante um jogo de futebol. Hoje, é difícil haver uma partida em que alguém não sofra uma lesão desse tipo na disputa de um lance. A segunda observação não é, exatamente, um exemplo, mas uma constatação. Rebote do goleiro era dadefesa e fim de papo. Quase nunca a bola caía nos pés do adversário, se o goleiro “batesse roupa”. Se acontecesse, alguém, que não o adversário, estava no lance. Hoje, de nove, em cada dez rebatidas, a bola sobra para os atacantes. Você, que tem olhos para ver, sabe o que está acontecendo com os jogadores atuais? Fernando Prass fez o possível para segurar o placar, mas a defesa palmeirense deu mole.

    Curtido por 1 pessoa

    • Grande Flavinho! Além da baixa qualidade técnica dos nossos defensores, vejo o calendário apertado, com jogos a cada 3 dias, um problema na preparação das equipes. Um treinador não tem tempo de montar um esquema, treinar a cobertura da zaga. Podemos também creditar ao oportunismo dos atacantes… Enfim, esta somatória de fatores faz com que lances desse tipo sejam mais comuns. Sobre as “Cabeçadas”, vejo como infelicidade mesmo. O Prass deu nova vida ao seu Palestra e vem sendo um monstro na meta alviverde. abs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s