Brasileiro/Futebol

Habemus Brasileirão

Sim, ainda teremos emoções daqui pra frente no campeonato, graças a grande vitória do São Paulo, vice-líder da competição, pra cima do Cruzeiro, o líder.  Obviamente, não tiro o grande favoritismo do time de Minas, ainda acho que será o grande campeão em dezembro, mas esse resultado dará um pouco mais de vontade a outros times, provando que o Cruzeiro não é imbatível. A diferença, que era de sete pontos, caiu para quatro e dá forças ao São Paulo, que já não perde a oito rodadas (nesses últimos oito jogos foram dois empates e seis vitórias), buscar o seu lugar ao sol.

Paulo-Cruzeiro-Foto-Miguel-Schincariol_LANIMA20140914_0205_25

Jogadores do São Paulo comemoram o primeiro gol do jogo, de Rogério Ceni cobrando penalidade máxima. Foto: Miguel Schincariol

Com chances agudas para os dois lados, São Paulo e Cruzeiro fizeram um grande jogo do estádio do Morumbi, digno das duas melhores equipes da competição. Os dois times trabalharam bem a bola e chegavam à frente dos gols, mas pecaram muito nas finalizações tortas e nas ótimas defesas dos dois goleiros. Aos 33 minutos do primeiro tempo, Ganso foi derrubado na área por Dedé (que merecia o segundo amarelo no lance), Rogério Ceni converteu o pênalti e se transformou no maior carrasco da vida de Fábio, goleiro do Cruzeiro, marcando o sétimo gol no arqueiro mineiro e o 120º de toda a carreira. Depois do gol sofrido, a Raposa pressionou e, consequentemente, deixou o contra-ataque a disposição, mas o São Paulo não soube aproveitar em duas oportunidades.

O segundo tempo continuou com enorme intensidade dos dois times, com leve vantagem para o São Paulo. Aos quatro minutos, Kardec perdeu grande oportunidade, dentro da pequena área. Na sequencia, Everton Ribeiro, meia cruzeirense, parou em outra ótima defesa do tiozão Rogério Ceni. Aos 25 minutos, em jogada de escanteio, a bola sobrou para Kardec que, dessa vez, não desperdiçou a chance e fuzilou, da pequena área, pro fundo gol. Era o 2×0 e a vitória estava sacramentada no Morumbi, deixando o Brasileirão mais vivo do que nunca.

Um fato curioso dessa 21ª rodada é que tivemos apenas um empate (nos 10 jogos disputados) entre Grêmio e Atlético-MG. Todos os outros nove jogos foram vencidos pelos mandantes.

No Sábado: 

– Fluminense 3×0 Palmeiras;

– Chapecoense 3×1 Sport;

– Santos 2×1 Coritiba;

No Domingo: 

– Flamengo 1×0 Corinthians;

– São Paulo 2×0 Cruzeiro;

– Bahia 3×0 Figueirense;

– Internacional 2×0 Botafogo;

– Atlético-PR 2×0 Vitória;

– Atlético-Mg 0x0 Grêmio;

– Criciúma 1×0 Goiás.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s