Brasileiro/Futebol

Na dança dos técnicos: Sai Oswaldo, entra Enderson

Ontem (2), o técnico Oswaldo de Oliveira foi demitido do comando técnico do Santos. Uma surpresa, já que, um ou dois dias antes, a diretoria havia comentado que a demissão do treinador não estava nos planos. Essa atitude só mostra o quão esfacelada e sem planejamento está a atual cartolagem santista.

Oswaldo-re-600x368

Oswaldo de Oliveira deixa o comando do Santos com 44 jogos disputados em 2014 – 25 vitórias, nove empates e 10 derrotas. Foto: Divulgação

É óbvio que Oswaldo de Oliveira não foi um grande e vitorioso treinador no Santos, também, pudera, quem consegue resultados expressivos sem grandes contratações e com apenas oito meses de trabalho?

O time de Vila Belmiro chegou à final do Paulistinha, mas perdeu; cambaleou nas primeiras fases da Copa do Brasil, mas passou e tem tudo para chegar com tranquilidade nas quartas de final; até a parada para a Copa do Mundo (e até algumas rodadas depois) brigava pelo G4, mas já caiu de rendimento. Essa irregularidade só corrobora a favor do argumento de que sem elenco e sem sequência no comando técnico, títulos não são conquistados.

Quero deixar bem claro que nunca estive 100% satisfeito com o trabalho de Oswaldo de Oliveira, mas essa ruptura no trabalho me incomoda, já que o treinador conhecia os jogadores e sabia o que cada um poderia fazer e/ou render dentro das quatro linhas. Oswaldo nunca foi unanimidade no Peixe, mas vinha trabalhando de forma razoável, mesmo com as carências do elenco santista mais do que evidentes jogo a jogo.

Agora, quem chega é Enderson Moreira. Treinador dessa nova geração que sabe trabalhar com a base e, no Goiás, fez ótimo trabalho há dois anos. Mas, quando dirigiu um time de maior expressão e com torcedores exigentes (o Grêmio) não foi bem e, até ontem, estava desempregado, despertando interesse apenas do ‘bagunçado’ Vasco da Gama, da Série B. Ou seja, chega como uma incógnita e, justamente, por não conhecer o elenco deverá penar (e muito!) para demonstrar um bom trabalho. Espero, de verdade, estar enganado.

63897-737x400

Enderson Moreira (centro) é o novo treinador do Santos FC até o final de 2015. Foto: Divulgação/Santos FC

Isso deve atrapalhar os planos do alvinegro praiano na conquista de algum título este ano. A Copa o Brasil tende a ser a prioridade, apesar de um possível confronto com o todo-poderoso Cruzeiro, numa semifinal. Já no Brasileirão, como perdeu pontos importantes, ficou pra trás na busca pelo G4.

A falta de planejamento, ultimamente, tem dado o tom na atual diretoria do Santos; além de outros temas como a falta de um patrocinador máster para o clube há mais de um ano.

Em outubro tem eleição no clube. Será que as coisas mudarão? Tenho certeza que não, infelizmente.

Anúncios

Um pensamento sobre “Na dança dos técnicos: Sai Oswaldo, entra Enderson

  1. Pingback: Santos ganha, em casa, e vira líder do segundo turno do Brasileirão | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s