Futebol/Latinoamericano

A nova máquina do River Plate

O KIRCHNÃO 2014 chega ao fim da sua quinta rodada e já possui um claro favorito ao título. O River Plate, atual campeão nacional, venceu quatro dos cinco jogos disputados e, sob a batuta de Marcelo Gallardo, vem apresentando o futebol mais vistoso em meio ao corralito futebolístico no país vizinho.

Foto: La Nación

Foto: La Nación

Neste domingo, a vítima foi o San Lorenzo, campeão da América, em pleno Nuevo Gasómetro. Foi mais uma grande demonstração do que já é chamado de GALLARDONETA, que valoriza a posse de bola e os toques de primeira. O famoso ‘toco y me voy’ consagrado no futebol argentino.

Além do bom futebol, foi uma demonstração de personalidade e capacidade de reação, já que o San Lorenzo abriu o placar logo aos cinco minutos de partida, com Mauro Matos. Mas Leonardo Pisculichi, principal destaque do time neste início de campeonato, empatou seis minutos depois.

No segundo tempo, Teo Gutiérrez e a revelação Lucas Boyé consolidaram a virada e decretaram um 3 a 1 maiúsculo fora de casa.

Com o resultado, o millonario assumiu a liderança isolada do KIRCHNÃO, ultrapassando o Vélez Sarsfield, que foi derrotado pelo instável Boca Juniors também por 3 a 1. Os xeneizes ainda assimilam a demissão de Carlos Bianchi, que não foi muito bem aceita pela torcida, e a chegada de Vasco Arruabarrena, o novo treinador.

Foto: Carlos Greco/La Nación

Foto: Carlos Greco/La Nación

Pela estreia, Arruabarrena não terá uma missão muito difícil. Com apenas um dia e meio de trabalho, promoveu mudanças no time titular, colocando o lateral Colazo e o meia Meli nos lugares dos medalhões Zárate e Federico Bravo. Com as alterações, o time se tornou mais agressivo e soube se impor em campo.

Como má fase não passa assim tão fácil, apesar de dominado, o Vélez abriu o placar no fim do primeiro tempo, com um belo chute de Correa. Mas, na segunda etapa, o zagueiro Cata Diaz empatou a partida de cabeça aos dez minutos e Meli virou o jogo sete minutos depois.

Foto: Mauro Alfieri/ La Nación

Foto: Mauro Alfieri/ La Nación

No desespero, o Vélez partiu para o ataque em busca do empate, mas tomou o terceiro, em contra-ataque finalizado por Chavez, decretando a segunda vitória azul y oro no campeonato e um horizonte mais otimista pelas bandas de La Bombonera.

Classificação do Campeonato Argentino 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s