Brasileiro/Futebol

Ronaldinho Gaúcho ainda vale o investimento?

Muito tem se especulado sobre o futuro de Ronaldinho Gaúcho, depois que o craque se desligou do Atlético Mineiro. Santos, Grêmio, Corinthians, Flamengo e Palmeiras foram os times brasileiros mais comentados como possíveis destinos do dentuço. De todas as opções a única que talvez fosse bom para os dois lados seria o Peixe, time que já está arrumado e ainda pode brigar pelo título da Copa do Brasil e uma vaga no G-4 no Brasileirão.

Mas o Verdão, ao que tudo indica, é o único realmente interessado. O presidente Paulo Nobre pretendia anunciar a contratação nesta terça-feira, 26, dia do Centenário alvi-verde, mas não conseguiu. Divergências sobre o contrato de produtividade, salário, prêmios e outros detalhes emperram a negociação. O Palmeiras ainda sonha com o jogador e tudo pode acontecer nessas negociações sempre confusas do futebol, apesar de R10 já ter “acertado” e depois recusado defender o Palestra outras duas vezes antes da atual negociação… Eu não apostaria na contratação de Ronaldinho, principalmente para comandar a recuperação de um time que está em crise e ainda não tem um padrão de jogo definido.

Foto: Getty Images

O exterior é visto com bons olhos por Ronaldinho e seu agente e irmão Assis. Os Estados Unidos seriam o sonho, afinal a MLS tem crescido muito e o poder de mídia de Ronaldinho seria um atrativo a mais para a liga americana. Mas na terra do Tio Sam não tem bobo, pelo menos no que se diz respeito a dinheiro. Todos sabem os riscos que envolvem ter o jogador, que teve lampejos de craque na passagem pelo Galo e foi útil na conquista da Libertadores, mas que não desequilibra realmente uma partida e comanda um grupo nas grandes campanhas desde que saiu do Barcelona. Os Emirados Árabes e o Qatar são centros sem muita atenção, mas cheios de petrodólares e uma proposta milionária no fim da carreira não seria mal recebida.

O fato é que o mundo se pergunta se Ronaldinho Gaúcho ainda vale o investimento. Seu comportamento fora de campo, adepto às festas com muitas mulheres e bebidas, tem prejudicado a trajetória de R10 desde que trocou Barcelona pelo Milan. Claro que o cara tem um talento nato extraordinário, é um desses caras com dom para jogar futebol. Tem rapidez de raciocínio, dribles matadores, velocidade, passes precisos e faro de gol, além de ser um excelente cobrador de bolas paradas, mas o extracampo tem sido o seu maior adversário.

R10 teve no Barcelona os melhores anos de sua carreira Foto: Getty Images

Carreira

Ronaldinho Gaúcho surgiu no Grêmio mostrando todo seu talento e logo chegou à Seleção Brasileira. Com uma briga judicial, conseguiu a liberação para se transferir ao PSG, onde atuou por dois anos. Conquistou o Penta com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Japão e da Coreia, em 2002 e, na sequencia, foi transferido para o Barcelona. Na Catalunha jogou de 2003 a 2008 e viveu o seu auge, conquistando dois títulos espanhóis, uma Supercopa da Espanha e uma Champions League. Foi eleito o melhor jogador do mundo duas vezes.  Saiu para o Milan, onde quase entrou no ostracismo em dois anos. Voltou para o Brasil e defendeu o Flamengo por mais dois anos, antes de fechar com o Galo.

Na Copa de 2002, Ronaldinho fez sua melhor apresentação com a camisa da Seleção Brasileira no jogo contra a Inglaterra, marcando os dois gols do Brasil. Foto: Getty Images

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s