Brasileiro/Futebol

Cruzeiro nada de braçadas e Corinthians segue na cola do líder

Ainda falta o segundo turno inteiro e mais algumas rodadas do primeiro, mas o Brasileirão 2014 caminha para terminar como o de 2013, ou seja, com o Cruzeiro como campeão. O time, que manteve o técnico Marcelo Oliveira, mesmo após a pressão da torcida com a eliminação precoce na Libertadores, também segurou seus principais jogadores e ainda contratou bons reforços para engrossar o caldo mineiro com nomes como Marquinhos, Neilton, Marlone e Manoel.

Depois de aguns tropeços no retorno da parada para a Copa do Mundo, a Raposa engrenou novamente. Nos últimos cinco jogos são três vitórias e dois empates, resultados que mantiveram o time com uma vantagem de 5 pontos para Internacional e Corinthians, ambos empatados com 31 pontos. Nesta quitna-feira, o Cruzeiro teve um jogo duríssimo contra o Grêmio de Felipão. Era o reencontro do treinador com o estádio onde sofreu a maior derrota de sua carreira e ele queria ir à forra contra o líder do campeonato. O Grêmio fez uma blitz ofensiva e consagrou o goleiro Fábio, um dos principais destaques do jogo, com pelo menos quatro defesas difíceis. No fim do jogo, Dagoberto marcou de cabeça após cruzamento de Dedé  e garantiu o triunfo mineiro.

Dagoberto enalteceu a força do grupo após a vitória sobre o Grêmio. Foto: Gil Leonardi/LANCE!Press

No outro jogo da noite, o Corinthians vinha pressionado por recentes tropeços em casa. O Timão recebeu o Goiás e não podia pensar em outro resultado além da vitória, para não se distanciar demais do líder Cruzeiro e não ser ultrapassado pelo São Paulo, que ganhou do Internacional na quarta. Apesar disso, o ambiente era favoável na Arena Corinthians, mais uma vez com bom público. Mano Menezes foi obrigado a mexer no time: promoveu a estreia do zagueiro Anderson Martins no lugar de Cléber, negociado para a Alemanha, e escalou Renato Augusto no lugar de Petros, que mesmo com o efeito suspensivo para a punião de 180 dias, não foi a campo.

Hat-trick de Luciano garantiu goleada corinthiana. Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press

O Goiás, que começou bem o campeonato, mas depois não manteve o ritmo abriu o placar logo aos 10 minutos de jogo. O gol não abalou o time corinthiano, que continuou controlando as ações em campo e exigiu muito trabalho do goleiro Renan. O empate veio logo, com Guerrero, após cobrança de escanteio. No segundo tempo, o Goiás ficou na frente novamente, após cruzamento na área que o atacante concluiu livre de cabeça. Elias empatou novamente. E a partir daí, foi a noite de redenção do atacante Luciano, que ainda não tinha marcado no Brasileirão. O camisa 18 fez logo três: o primeiro de cabeça, após cruzamento de Lodeiro, que estreou bem. Depois recebeu uma enfiada de bola e teve tranquilidade para tirar do goleiro. O terceiro veio em jogada individual, aproveitando um vacilo da defesa esmeraldina, definiu o placar: 5 x 2. Inter, Corinthians e São Paulo ainda seguem na busca do líder, mas se o Cruzeiro não tiver um apagão, vai ser difícil evitar o quarto título nacional da Raposa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s