Música/Rock

É punk, mas pode chamar de diva

O Me First and the Gimme Gimmes é uma banda punk da Califórnia formada em 1995 por integrantes de grandes bandas do gênero da época, como o NOFX e o No Use For a Name.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A proposta de Fat Mike (NOFX), Joey Cape e Dave Raun (Lagwagon), Chris Shiflett (Foo Fighters, ex-No Use For a Name) e Spike Slawson (Swingin’ Utters) era simples: se divertir. Faziam versões punks de grandes sucessos radiofônicos, como “Rocket Man“, de Elton John, “I Believe I Can Fly“, de R Kelly, “Crazy“, de Seal, entre outros, mas não tinham a pretensão de gravar discos, apenas de aparecer em coletâneas e fazer as suas versões de músicas de sucesso.

Mas o projeto, tocado apenas nos intervalos entre suas bandas, cresceu demais. E o resultado pode ser visto em seis álbuns de estúdio, o mais recente lançado neste ano, com o nome Are We Not Men? We are DIVA!, com canções executadas apenas por mulheres como Celine Dion, Gloria Gaynor, Christina Aguilera e outras.

Divulgação

Divulgação

O álbum segue a tradição de a banda tocar as músicas com introduções de músicas punk famosas. Por exemplo, “Beautiful“, de Christina Aguilera, usa a introdução de “Superficial Love”, do TSOL.

Um belo disco, que coloca o estrogênio de lado e pode fazer o mais fervoroso punk cantar Cher com entusiasmo pela rua. Vale conferir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s