Brasileiro/Futebol

Flamengo anuncia volta de Luxemburgo, pela quarta vez

Em tempos em que os dirigentes do futebol brasileiro mostram cada vez dificuldades em inovar e desapegar do passado, o Flamengo resolveu seguir a mesma linha. Com uma campanha pífia no PODOLSKÃO, sendo o lanterna da competição e correndo sério risco de rebaixamento (mais uma vez), a diretoria rubro-negra decidiu demitir o técnico Ney Franco e anunciou a volta de Vanderlei Luxemburgo ao comando do time.

Esta será a quarta vez que o treinador, flamenguista declarado, vai dirigir a equipe. Luxa estava fora do mercado desde o final da temporada 2013, quando foi demitido pelo Fluminense. Nesse período, participou de programas de televisão, assistiu aos jogos da Copa e, sempre que possível, reforçava que vinha estutando para se atualizar e que logo emplacaria um novo projeto. Mesmo não admitindo abertamente, sonhava com um convite da CBF para liderar a clamada reformulação na Seleção Brasileira, mas seu nome sequer foi ventilado nos bastidores da Confederação.

Luxemburgo conquistou seu último título em 2011, com o Flamengo. Foto: Getty Images

Para esta nova etapa à frente do Flamengo, Luxemburgo terá a companhia do fiel escudeiro e preparador físico Antônio Mello, além de levar à Gávea um nome bem conhecido por lá: Deivid. Sim, o ex-atacante, que até se destacou com a camisa 9 rubro-negra, mas que ficou mais marcado por ter perdido um gol absurdo, embaixo das traves, sem goleiro. O lance aconteceu em 2012, em um clássico contra o maior rival, o Vasco. A partida valia uma vaga à final da Taça Guanabara e o time cruzmaltino venceu por 2 a 1, de virada, avançando na competição. Sinceramente, não sei o quanto o Deivid se preparou para ser auxiliar técnico e torço para que ele tenha sucesso nessa nova carreira, mas ele terá de mostrar equilíbrio emocional para suportar, fora de campo, a pressão da torcida.

deivid_ivogonzalez_glo

Deivid perde gol inacreditável contra o Vasco Foto: Ivo González/ O GLobo

Quanto a Luxemburgo, é um técnico que conhece muito e gosta de armar seus times ofensivamente. No entanto, parece ter perdido o rumo na carreira quando foi para o Real Madrid, em 2005. Seu último título foi o Carioca de 2011, com o próprio Flamengo, mas o treinador nunca mais conseguiu repetir trabalhos como os realizados no Palmeiras, no inícios dos anos 1990, Corinthians, 1998, e Cruzeiro, 2003, quando montou grandes esquadrões, vencedores, que davam gosto de ver jogar. Pelo atual elenco do Flamengo, dificilmente será em 2014 que veremos Luxa voltar ao topo do futebol brasileiro, mas se ele conseguir livrar o time do inédito rebaixamento, fará Nação Rubro-Negra feliz.

flamengo-maracana-torcida

Foto: Getty Images

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s