Brasileiro/Futebol

Público embala melhores vitórias no Brasileirão

O Campeonato Brasileiro de 2014 começou sem grandes surpresas. De constatação apenas algo que todos sabemos faz tempo, com exceção dos dirigentes dos clubes. A Lei da Oferta e da Procura funciona para os dois lados. Afinal, não consideramos nenhum absurdo jogos importantes de uma Libertadores custarem cerca de R$ 100. Especialmente porque o estádio lota da mesma maneira. E por que? Porque a Libertadores é um torneio competitivo, valioso (apesar de maltratado pelos dirigentes) e atrai a atenção de todos.

Os clubes, empolgados pelo sucesso de bilheteria neste tipo de situação, acha que o torcedor vai ao estádio pura e simplesmente pela paixão. E vemos nos públicos pífios dos estaduais que a coisa não funciona assim. O público não está pagando os preços absurdos de um ingresso para ver um espetáculo meia boca. Ou mesmo para ver uma vitória quase certa de seu time contra algum pequeno do seu estado. Ou ainda para ver seu time jogando na primeira rodada de um campeonato que terá mais 37 jogos.

Tanto que, dos dez jogos da rodada inaugural do PETROBRASÃO 2014, apenas dois se destacaram pela boa (não maravilhosa) presença do público, impulsionada por ingressos a preços populares em ambos os jogos, com valores em torno dos R$ 10. Coincidentemente, foram os dois jogos nos quais os times mandantes tiveram os melhores resultados.

No sábado (19), 35.020 pessoas empurraram o Fluminense na boa vitória por 3 a 0 sobre o Figueirense. No segundo jogo do técnico Cristóvão Borges no comando do tricolor carioca, o time foi muito mais envolvente, com uma atuação bem efetiva do quarteto ofensivo formado por Conca, Wagner, Rafael Sóbis e Fred.

Além dos três pontos e a boa atuação, o Fluminense saiu do Maracanã com uma renda de R$ 385.535.

No Morumbi, 31.564 pessoas foram apoiar o São Paulo na estreia contra o Botafogo. E não se arrependeram de ter saído de casa para ver pela primeira vez um novo quarteto ofensivo montado por Muricy Ramalho, com Ganso e Boschilia no meio e Pato e Luís Fabiano no ataque. O time foi compacto, agressivo e muito eficiente, abrindo 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Antonio Carlos, que poderia tentar a profissão de centroavante, e do contestado lateral Douglas, após grande jogada de Alexandre Pato.

Foto: Miguel Schincariol/SPFC

Foto: Miguel Schincariol/SPFC

No segundo tempo, o trio Pato-Ganso-Luís Fabiano foi bem efetivo e o centroavante ainda marcou o terceiro diante de um Botafogo frágil e extremamente inofensivo. Vagner Mancini terá muito trabalho para arrumar este time e não passar sufoco no fim do ano.

Além dos três pontos e a boa atuação, o São Paulo arrecadou R$ 421.065.

O time de maior torcida do país, recém vindo de um título estadual dramático (não vamos entrar no mérito da arbitragem), cobrou ingressos no padrão Libertadores. Mandando a partida contra o Goiás em Brasília, o Flamengo arrecadou R$ 1.144.515,00, mas só levou 19.012 pessoas ao Mané Garrincha. Um público até razoável. Mas não condizente com a história e o potencial do Flamengo.

Com o estádio mais vazio, o rubro-negro não saiu do zero contra o Goiás. As redes também se mantiveram virgens em outro jogo que tinha muito potencial para lotar estádios. Mas apenas 10.380 pagantes desembolsaram R$ 530.820 para ver o modorrento Atlético-MG e Corinthians. O Bahia, outro campeão de audiência, levou 8.913 pagantes para ver a estreia com derrota do time contra os reservas do Cruzeiro.

Pode ser apenas uma coincidência, claro. Mas fica um recado claro para os dirigentes que um estádio cheio incentiva mais um time. E mesmo a suposta ‘perda’ de arrecadação pode ser compensada com outros gastos que o grande público faz em torno do estádio, por exemplo com lanches e lojas oficiais.

E aí estão Liverpool e Atlético de Madrid para provar que o apoio do público torna qualquer conquista muito mais bonita.

Resultados da primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2014

Fluminense 3 x 0 Figueirense
Internacional 1 x 0 Vitória
Chapecoense 0 x 0 Coritiba
São Paulo 3 x 0 Botafogo
Atlético-MG 0 x 0 Corinthians
Atlético-PR 1 x 0 Grêmio
Bahia 1 x 2 Cruzeiro
Criciúma 1 x 2 Palmeiras
Santos 1 x 1 Sport
Flamengo 0 x 0 Goiás

Classificação do Campeonato Brasileiro 2014

Um pensamento sobre “Público embala melhores vitórias no Brasileirão

  1. Pingback: Meus problemas com a retranca adversária | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s