Futebol

A maior apresentação coletiva de um time

Neste domingo, se completam 20 anos da consagração do São Paulo como bicampeão da Libertadores. Foi em 26 de maio de 1993 que o time de Telê Santana foi a Santiago levantar a taça após 90 minutos de formalidade contra o bom time da Universidad Católica.

Foto: El Gráfico

Foto: El Gráfico

Sim, formalidade, porque uma semana antes, no dia 19 de maio de 1993, a Libertadores conheceu a maior goleada já aplicada em uma decisão. Com a maior atuação coletiva que já vi em um time de futebol, o São Paulo venceu a primeira partida daquela final por 5 a 1 no Morumbi. E poderia ser mais.

O começo do jogo foi até equilibrado. Os chilenos não tiveram medo e até se arriscaram no ataque, quase marcando com Lunari e Gilmar (contra).

Mas Zetti, Vítor, Válber, Gilmar, André Luís, Pintado, Dinho, Raí, Palhinha, Müller e Cafu botaram a bola no chão. E a Universidad Católica na roda. E os gols se empilharam, com López (contra), Vítor, Gilmar, Raí e Müller. Zetti ainda faria uma sequência de quatro defesas no segundo tempo que também valeram por um gol.

Mas vale a pena rever a partida completa.

Um pensamento sobre “A maior apresentação coletiva de um time

  1. Pingback: O dilema são-paulino | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s