Discografia Básica/Rock

O lado escuro da lua após quatro décadas

Neste domingo (24), um dos álbuns obrigatórios para quem gosta de rock ‘n’ roll completa 40 anos. Foi em 24 de março de 1973 que Dark Side of The Moon, a obra-prima do Pink Floyd foi lançado no Reino Unido.

pink-dark-side-moon

Muito já foi dito sobre o disco, repleto de clássicos da banda, como “Time” e “Money”, que revolucionou os métodos de gravação da época, desenvolvendo efeitos sonoros que ajudaram a moldar o som da música pop das décadas seguintes.

O álbum também teve efeitos sociais na Inglaterra de 1973. O sucesso de Dark Side of The Moon ajudou os ingleses a superar o sentimento de que a Grã-Bretanha era um país velho, ultrapassado e decadente

Uma das teorias da conspiração mais conhecidas do rock envolve o Dark Side of The Moon. Por anos, houve rumores de que o disco foi gravado para ser tocado enquanto se assistia ao clássico com Judy Garland O Mágico de Oz. A banda sempre negou, mas as coincidências que surgem da sincronia entre disco e filme são impressionantes.

Um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos, Dark Side of The Moon foi o primeiro trabalho do Pink Floyd a liderar as vendas nos Estados Unidos. O disco passou 741 semanas nas paradas norte-americanas, de 1973 a 1988, e 30 anos nas paradas britânicas.

E, para celebrar os 40 anos do álbum, o Pink Floyd preparou uma ação especial para escurecer uma lua criada especialmente para a data, no site da banda. A cada twitt com a hashtag #darkside40 a página vai ficar cada vez mais escura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s