Hall da Fama/Rock

Tabelinha com o Barba – O mito em torno de Robert Johnson

Por Thiago Barbieri*

Ser um astro da música, sem grandes esforços. Essa ilusão que levou o jovem Robert a frequentar uma encruzilhada em uma estrada do Mississipi e assinar o pacto. O rapaz vendeu a alma em troca da proeza de tocar guitarra. O “coisa ruim” nunca sai perdendo e a fama de Robert Johnson não durou muito, pelo menos em vida. Gravou apenas 29 músicas e morreu aos 27 anos, dizem que envenenado por estricnina, mas não se sabe ao certo.  Coincidentemente, ou não, outras estrelas do Rock e do Blues morreram aos 27 anos de idade, como Jim Morrison, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain, Amy Winehouse, etc. Mas isso é tema para outro post.

robertjohnson

Até hoje Robert Johnson é considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos, sendo responsável por revolucionar o estilo “Mississipi Delta Blues”, com grande influência em nomes como Muddy Waters, Eric Clapton, Led Zeppelin, Bob Dylan, The Rolling Stones, Johnny Winter, Jeff Beck, The Blues Brothers, Red Hot Chili Peppers e The White Stripes, entre outros.

A versão que Eric Clapton fez para “Crossroads” é um dos maiores clássicos do Blues. (assista)

Um dos mitos mais disseminados no meio musical, “o acordo” de Johnson e sua história já foram relatadas em sites, livros e até filmes. Quem está acima dos 30 anos, como eu, lembra do Duelo de guitarras do filme “A Encruzilhada (Crossroads)”, de 1986. Steve Vai era o guitarrista do inferno e enfrentou o jovem Eugene ‘Lightning Boy’, um prodígio guitarrista que conheceu “Willie Brown Bling Dog Fulton”, um gaitista contemporâneo de Robert Johnson que também havia vendido sua alma.  A cena final é emocionante e o jovem vence o duelo e liberta o amigo. Eugene foi interpretado pelo Karatê Kid Ralph Macchio, mas quem deu vida aos acordes que ele “tocou” foi o guitarrista Ry Cooder.

Aos amantes do Blues, o primeiro e único álbum completo de Robert Johnson. Apreciem sem moderação!

* Thiago Barbieri é jornalista e assina a coluna “Tabelinha com o Barba” no Fut ‘n’ Roll. No twitter, ele é o @ThBarbieri

Anúncios

Um pensamento sobre “Tabelinha com o Barba – O mito em torno de Robert Johnson

  1. Pingback: Tabelinha com o Barba – Eric Clapton celebra 68 anos com muito trabalho | Fut 'n' Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s