Futebol

A zebra cumpriu o seu destino

Quis o destino que o último dos torneios curtos que formam o campeonato argentino fosse vencido pelo time do idealizador desse tipo de competição, Julio Grondona. As más línguas, aliás, diziam que este campeonato, com dois campeões por ano, foi criado justamente para dar mais chances ao clube do coração de Grondona, o Arsenal de Sarandí.

Claro que nada disso faz sentido. Especialmente nesta temporada, já que o Arsenal não montou um time para ser chamado de favorito. Sequer de forte, afinal, terminou o Apertura na 13ª colocação e viu seu melhor jogador, o centroavante Óbolo, arrumar as malas e se transferir para o Vélez Sarsfield.

Mas veio o Clausura e a redenção de um time desacreditado. O Arsenal começou a empilhar vitórias, chegando a penúltima rodada na segunda posição. Ainda assim, ninguém acreditava no time de Sarandí, afinal, o adversário na penúltima rodada era o então líder Boca Juniors na temida La Bombonera.

E foi na caixa de bombons que o Arsenal começou a ganhar o campeonato. Com uma imensa atuação do colombiano Carbonero, dois gols de Leguizamón e um de Zelaya, o Viaducto cometeu o crime e assumiu a liderança na tabela, empatado com o Tigre.

Neste domingo, finalmente a confirmação de uma das maiores zebras da história do campeonato argentino. O Arsenal de Sarandí venceu o Belgrano por 1 a 0, gol de Lisandro Lopez. E viu seu rival na busca pelo título, o Tigre, não passar de um empate em casa com o Independiente.

Mas, no fim das contas, para alegria de Julio Grondona, o Arsenal venceu o último dos 42 torneios curtos disputados. E é, finalmente, campeão argentino.

Duas possibilidades e apenas um objetivo cumprido

O time que foi o grande personagem da reta final do campeonato argentino foi o Tigre. Como o sistema de rebaixamento leva em conta a média dos últimos seis campeonatos, o Tigre estava brigando pelo título e ameaçado seriamente de cair para a segunda divisão.

Mas, apesar do vice-campeonato nacional, o principal objetivo do clube foi cumprido. Com a colaboração do San Lorenzo, que venceu o San Martín por 3 a 1, o empate em 2 a 2 com o Independiente salvou o Tigre e o time vai disputar a primeira divisão no próximo ano.

Aliás, o rebaixamento foi definido. Olimpo e Banfield caíram de maneira direta. O San Lorenzo disputa a promoción contra o Instituto enquanto o San Martín enfrenta o Rosario Central por uma vaga na elite do futebol argentino na temporada 2012/2013.

Classificação final do campeonato argentino – Clausura 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s